O que é Open Banking e quais mudanças ele promete para o sistema financeiro nacional?

O uso dos dados se tornou uma preocupação com o avanço das redes sociais e dos dispositivos eletrônicos. Essa preocupação chegou também ao sistema bancário e, para tentar resolver a questão, foi anunciada a criação do open banking.

Essa é uma nova solução que promete transformar o mercado por meio do compartilhamento de dados bancários e informações financeiras. Para se preparar para essa alternativa e saber se vale a pena aproveitá-la, é essencial conhecer as suas características.

Neste artigo, você entenderá o que é open banking e os principais impactos que ele pode trazer para o mercado e o sistema financeiro brasileiro. Acompanhe!

O que é o open banking?

Em tradução livre, a expressão open banking pode ser entendida como sistema bancário aberto. Essa ideia é uma mudança de perspectiva em relação ao que acontece hoje, em que o tipo de acesso às informações cria um sistema considerado fechado.

Essa nova solução criada pelo Banco Central prevê o compartilhamento de informações financeiras. Porém, o processo será baseado nas autorizações concedidas apenas pelo cliente. Sua proposta é trazer inovação, flexibilidade e mais autonomia no uso dos serviços bancários.

Como funciona o open banking?

Em relação ao funcionamento, convém saber que o open banking não é um aplicativo, uma plataforma ou um serviço específico. Na verdade, ele prevê a criação de uma espécie de ecossistema que será formado pelas instituições financeiras autorizadas e seus clientes.

Desse modo, cada pessoa poderá escolher quais dados serão compartilhados e com quais empresas. O acesso às informações acontece de maneira totalmente segura e autorizada. Vale destacar que o consentimento também pode ser revogado pelo usuário a qualquer momento.

Assim, será possível abastecer as soluções de tecnologia financeira com dados personalizados, mas de forma totalmente controlada pelo usuário.

Além disso, o open banking prevê a integração entre plataformas das instituições financeiras, por meio das chamadas APIs. Logo, haverá uma troca estruturada de dados, sem prejudicar a segurança das operações financeiras.

Quais mudanças o open banking promete trazer?

A proposta com a criação do open banking é promover intensas transformações na maneira como pessoas físicas, pessoas jurídicas e investidores utilizam o sistema bancário.

Com a implementação dessa nova alternativa, espera-se que haja uma oferta maior de serviços financeiros, que se tornam possíveis graças ao sistema aberto. Ademais, a expectativa é que os produtos financeiros sejam oferecidos de maneira mais simples e acessível para os usuários.

Outro ponto importante é o fato de tudo funcionar de maneira aberta poderá ampliar o nível de transparência na apresentação de informações. Para quem utiliza os serviços, é uma forma de conhecer exatamente o que é contratado e ter autonomia sobre os dados e seu uso.

Ainda, existe a promessa de estimular a concorrência entre as instituições financeiras. A tendência é que o open banking as motive a oferecer mais qualidade e um atendimento diferenciado — e mais barato — ao cliente.

Quais serão os benefícios para os consumidores e investidores?

Você já descobriu o que é open banking, certo? Então vale a pena saber que ele poderá trazer vantagens para os usuários do sistema financeiro e bancário brasileiro.

Como visto, a competição entre as instituições será favorecida — e poderá trazer condições melhores para investidores e consumidores. Ao acessar dados de modo autorizado dos clientes de concorrentes, uma instituição poderá fazer ofertas personalizadas e com taxas mais competitivas na tentativa de conquistar novos contratos.

Também será possível ter acesso a soluções diferenciadas, como um mercado centralizado de crédito, aplicativos específicos e mais completos de controle de finanças, comparadores de condições e mais. Assim, pode-se ter mais praticidade e qualidade ao usar os serviços.

Outro ponto positivo é que o open banking ajudará a centralizar todas as informações financeiras do usuário. As pessoas que possuem contas em vários bancos, por exemplo, poderão visualizar todos os seus dados em um só lugar.

Quem investe no mercado financeiro, por exemplo, terá melhores condições de tomar boas decisões sobre o patrimônio. Afinal, as informações serão facilmente acessadas em um único ambiente. A medida também poderá ser útil para auxiliar na declaração dos impostos devidos — e evitar erros.

Como ele afetará o relacionamento entre bancos e clientes?

Como você viu, uma das premissas do open banking consiste em criar um processo de compartilhamento que seja simples, acessível e seguro. No caso, os clientes terão a chance de levar seus dados financeiros para onde desejarem. Isso inclui trocar de instituições com maior facilidade.

Na prática, isso pode alterar a forma como as instituições bancárias se relacionam com seus clientes. Afinal, cada pessoa terá mais liberdade para trocar de banco de maneira prática. A movimentação poderá, portanto, estimular ações de fidelização.

Além disso, é uma solução que elimina a necessidade de começar do zero o relacionamento entre as partes. O motivo é simples: o open banking permite que novos bancos conheçam o histórico de transação dos novos clientes, trazendo maior segurança para todos os envolvidos.

Portanto, a tendência é que o open banking ajude a melhorar o relacionamento entre clientes e instituições financeiras, por meio de uma comunicação mais direta e transparente.

Quando o open banking entrará em vigor no Brasil?

Seguindo o exemplo do que já aconteceu em outros países, a implementação do open banking acontecerá em etapas no Brasil. A primeira delas foi concluída até 1º de fevereiro de 2021, com o início da divulgação de informações padronizadas.

Já a segunda etapa engloba o início do compartilhamento de dados, mediante solicitação dos clientes que assim desejarem, com finalização em 15 de julho de 2021. A terceira fase seguirá até 30 de agosto de 2021 — quando será possível compartilhar determinados serviços entre instituições.

Por fim, a quarta fase será concluída em 15 de dezembro de 2021. A partir dessa data, os dados dos demais serviços financeiros ainda não contemplados poderão ser compartilhados. E as inovações entre instituições serão ainda mais estimuladas.

Como você viu, o open banking promete transformar o mercado bancário e a oferta de serviços financeiros por meio do compartilhamento de informações. É importante estar atento a essas mudanças para definir se vale a pena aproveitar a nova solução do Banco Central!


Janaina Macedo Calvo

Janaina Macedo Calvo é FOUNDER da Martinez e Calvo Palestras, Treinamentos e Finanças, empresa prestadora de serviços na área de negócios e economia global, em forma de palestras, treinamentos e consultorias. A empresa tem como missão assessorar clientes a antever tendências globais e brasileiras, por setores e maximizar oportunidades. Doutoranda em Administração Pública e Sustentabilidade pela UNICAMP, Mestre em Controladoria pelo Mackenzie, economista formada pela FAAP, contabilista formada pelo Osvaldo Cruz com MBA Executivo pela BBS – Brasilian Business School (módulo internacional realizado em Luanda – Angola), Janaina atuou no setor público, como Conselheira de Emprego e Renda do Estado de São Paulo e Conselheira do Banco do Povo (baseado na experiência do Grameen Bank).
Na área executiva, atuou como Gerente de Pessoal e Finanças do Conselho
Regional de Engenharia e Agronomia – Crea/SP, o maior Conselho de
Fiscalização de Exercício Profissional da América Latina. Palestrante na área financeira e motivacional, autora do Blog Café&Finanças, colunista em finanças da revista Crea-online e desenvolvedora do Treinamento Batalha da Mente Finanças Investimento e Mindset , Preparação Financeira para Investimentos. Educação Financeira para Empreendedores, Soft Skills- Desenvolvendo Competências de Sucesso e do curso Relato Integrado Para Entidades Públicas.


Acredita que esse conhecimento pode ser útil para outras pessoas? Compartilhe este artigo em suas redes sociais e não se esqueça de marcar seus contatos!

Compartilhe com:


Leave us a Message