Plano de investimento empresarial: aprenda a fazer o seu

Os desafios para gerir um negócio estão presentes na implementação do projeto inicial da empresa, bem como durante o seu desenvolvimento. Para conseguir obter sucesso em suas ações o empreendedor deve ter habilidades específicas relacionadas a estratégias de mercado e de toda a administração dos departamentos internos da instituição. A esse respeito, vale mencionar a importância de se ter um plano de investimento empresarial.

Esse planejamento é necessário para dar uma visão mais clara de como investir os recursos da empresa. Além do mais, pode servir como guia para as ações dos próximos meses, o que melhora os resultados por meio da tomada de decisões cada vez mais acertadas. Mesmo conta tanta importância, é ainda muito comum a despreocupação desse tema nas empresas, principalmente por falta de conhecimento sobre o assunto.

Para ajudar nessa questão, criamos este artigo dispondo das principais informações sobre como realizar um plano de investimento empresarial. Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

O que é um plano de investimento?

Antes de tudo, é importante compreender o que é um plano de investimento empresarial. Essa estratégia, basicamente, diz respeito ao estudo dos investimentos de uma empresa visando aos resultados em curto, médio e longo prazo. Dessa forma, são as medidas e procedimentos que serão adotados para direcionar os recursos do negócio rumo a metas e objetivos previamente estabelecidos.

Dentro dessa programação, podem ser incluídos custos com a aquisição de novas ferramentas de trabalho, contratação de novos fornecedores, aprimoramento das técnicas de produção, investimento na qualificação e treinamento dos colaboradores, agendamento de viagens corporativas etc.

Por conta da grande demanda de focos de investimento financeiro, os gestores devem avaliar os objetivos mais importantes e decidir quais opções serão melhores para alocar os recursos e, dessa forma, maximizar os ganhos.

Como esse plano está ligado ao planejamento estratégico da empresa?

Não importa qual é o ramo de atuação da empresa e sua dinâmica de serviços, todas precisam ter uma política de organização e desenvolvimento para conseguir espaço no mercado. Dessa forma, os gestores devem ter bem definidos os projetos e perspectivas futuras quanto às ações e estratégias que serão colocadas em prática.

Atrelado a essa cultura de gestão, o plano de investimento empresarial tem bastante importância, pois é a melhor maneira de estruturar os gastos do empreendimento de forma racional e definir metas de investimentos que possam gerar produtividade para o negócio, bem como o crescimento das atividades da corporação.

Quais são as vantagens de estruturar um plano de investimento?

Como já mencionado, a elaboração de um plano de investimento empresarial tem grande valor para o crescimento do negócio. A principal vantagem consiste em possibilitar que a empresa evite riscos desnecessários dentro das aplicações que podem acarretar perdas consideráveis.

Acerca desse tópico, é possível minimizar os investimentos que são pouco rentáveis para o negócio. Isso porque com o estudo de cada caso consegue-se identificar as melhores escolhas dentro de uma imensidão de opções de investimentos disponíveis no mercado e definir as mais adequadas.

Além disso, pode-se eliminar prejuízos de projetos de alto risco, pois mesmo que as maiores promessas de lucros revelem uma alta taxa de risco, ao propor um plano de investimento o gestor terá uma base para escolher se a proposta será rentável ou não para sua corporação. Sem contar que essa estratégia administrativa permite ter ciência de até qual valor é lucrativo investir para não ter perdas econômicas e alcançar o sucesso esperado.

Como fazer um plano adequado e estudar a viabilidade de um investimento?

Para que você possa realizar um bom plano de investimento empresarial, confira as dicas que separamos!

Avalie sua condição financeira atual

Primeiramente, é necessário avaliar as condições reais da empresa relacionadas ao saldo disponível para investimento. Nesse momento, você deve organizar as suas despesas e estudar todo o seu orçamento mensal. Aspectos como salários de funcionários e demais contas fixas devem ser contabilizadas juntamente aos gastos de curto e longo prazo.

Em seguida, é preciso encontrar qual é o montante produzido pela empresa e que está disponível para a aplicação em novos projetos. Isso dará a você uma excelente base para traçar o seu plano de investimento.

Estabeleça os objetivos

Outro ponto que deve ser levado em conta está relacionado à dedução dos objetivos que serão o foco do plano de investimento. Para isso, você deve encontrar quais setores ou estratégias de produção dentro da empresa poderão proporcionar maior lucro e retorno com o recurso direcionado.

Além do mais, é preciso ter atenção se o projeto de investimento não apresenta gastos adicionais que não estão previstos no planejamento, pois isso pode comprometer os resultados da meta e fazer o negócio ter um saldo negativo com esse procedimento.

Estime o tempo de resposta do investimento

Realizar a análise do período necessário para que o investimento proposto comece a dar lucros para a empresa é uma ação fundamental dentro do plano de investimento empresarial. Isso porque é uma forma de facilitar o acompanhamento dos resultados do projeto e definir melhorias para que se possa minimizar os imprevistos e adaptar o planejamento de forma que ele tenha o máximo de eficiência.

Essa duração de resposta costuma ser chamada de “horizonte de investimento” e pode variar de acordo com as características do projeto e a sua disponibilidade financeira.

Tenha atenção às condições do mercado

Por fim, não basta apenas avaliar os recursos disponíveis para o investimento ou definir os objetivos principais da empresa. É preciso também estudar as condições do mercado relativas ao seu projeto de investimento.

Ou seja, antes de criar o seu planejamento, os planos devem estar condizentes com aquilo que tem maior potencial de dar certo segundo a demanda de investimentos do segmento que você atua. Isso permitirá que seus projetos e decisões tenham maiores chances de apresentar resultados positivos.

Portanto, essas foram as principais informações sobre o que é e como fazer o seu plano de investimento empresarial. Perceba que, ao seguir alguns passos, é possível criar um projeto de investimento que tenha grandes chances de sucesso e, dessa forma, promova o crescimento da empresa.

Gostou do artigo? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de nossas atualizações sobre o mundo dos negócios!


janaina macedo calvoJanaina Macedo Calvo é Professora dos cursos de economia, controladoria, contabilidade e matemática financeira. Mestre em Controladoria, Economista, e Contabilista, atuou no setor público, como Conselheira de Emprego e Renda do Estado de São Paulo e Conselheira do Banco do Povo. Na área executiva, atua como Gerente de Pessoal e Finanças do Crea-SP, o maior Conselho de Fiscalização de Exercício Profissional da América Latina. É também, Palestrante na área financeira e motivacional, autora do blog Café&Finanças, colunista em finanças da revista Crea-online e desenvolvedora do Treinamento em Coaching Financeiro Batalha da Mente e Relato Integrado Para Entidades Públicas

Compartilhe com:


Leave us a Message