Como o Design Thinking aumenta resultados

Toda empresa tem seus problemas do dia a dia.

E todos os dias, os profissionais envolvidos buscam soluções.

Seja para aumentar faturamento, para produzir mais em menos tempo, para melhorar o atendimento ao cliente e suporte, para reduzir a demanda de chamados.

É aí que entra o Design Thinking.

Um conceito baseado em pluralidade de ideias e conceitos, com a intenção de inovar e trazer soluções mais assertivas.

Entenda, através deste artigo, como o Design Thinking pode ser aplicado na sua empresa.

Design Thinking: O que é?

Em primeiro lugar, vamos definir o que é o Design Thinking.

E para isso, vamos dizer o que ele NÃO é.

Design Thinking não é uma metodologia. Isto é, não se trabalha com uma fórmula definida para realizar o que precisa ser feito. Design Thinking é uma abordagem.

É uma ideia de trabalho com processos baseados na criatividade, para buscar soluções “fora da caixinha”.

Design Thinking foi essencialmente disponibilizado ao mundo por Tim Brown e sua empresa de consultoria, a IDEO.

Nos próximos parágrafos, você vai entender como o Design Thinking funciona, e como ele pode ser aplicado na sua empresa.

Como funciona?

Um processo baseado em Design Thinking pode ser dividido da seguinte forma:

Imersão

Durante a imersão ao problema, é a fase em que a equipe conhece o problema de perto, e o analisa das mais diversas formas, perspectivas e pontos de vista diferentes.

Enquanto as análises são feitas, são levantados dados relevantes à situação, e informações sobre o escopo e limites do projeto.

E então, todos os insights e conclusões são coletados e anotados, em um grande brainstorming, para que essas informações sejam utilizadas nas próximas etapas.

Análise

Durante a análise, todas as informações, dados e insights coletados são analisados, organizados e padronizados, de modo que sejam criados mapas mentais, diagramas, utilizando-se das mais diversas ferramentas para facilitar o processo.

O objetivo é organizar as informações para que o trabalho a ser feito seja facilitado e feito de forma prática.

Ideação

Essa é uma fase importantíssima do projeto, pois, além de envolver a equipe da solução do problema, é definido um público-alvo: As pessoas a quem a solução será entregue.

Nessa fase, mais informações são coletadas, e o ponto de vista dos demais envolvidos também são considerados.

No Design Thinking , é muito importante a liberdade criativa para que soluções inovadoras sejam criadas e co-criadas.

Por isso, o julgamento crítico deve ser deixado de lado, para que a mente dos envolvidos possam criar e pensar com naturalidade.

Prototipação

A prototipação é quando todas as ideias e conceitos tomam corpo e forma.

Nessa fase, ações efetivas são colocadas em práticas.

A prototipação não precisa ser, necessariamente, feita ao final do processo.

É perfeitamente natural que seja feita de forma concomitante à imersão, análise dos dados ou na definição do público-alvo e coleta de dados.

Conclusão

Todas as equipes e setores dentro de uma empresa podem se beneficiar com a abordagem do Design Thinking.

Pode ser uma equipe de desenvolvimento de software e TI, a equipe de vendas ou até a diretoria e equipe estratégica.

O Design Thinking é baseado em criatividade e liberdade. Os envolvidos devem se sentir livres para exposição de seus pontos de vista, formas de pensar e abordagens diferentes sobre o assunto.

É de forma artística que se cria soluções inovadoras.

E ai vamos cocriar juntos?

Bjocas carinhosas!!!

Janaina

Gostou deste artigo? Veja outro exemplo como podemos aplicar o Design Thinking no seu planejamento estratégico

Planejamento Estratégico e o uso do Design Thinking

Quer contratar esse serviço? Clique no botão abaixo e peça mais informações

Mais informações

Compartilhe com:


Leave us a Message