Controlar o tempo é uma necessidade

“Seria tãããão bom se o dia tivesse 24 horas”

Quem nunca ouviu (ou falou) algo parecido com isso? A luta contra o tempo é constante em nosso dia a dia. É por isso que escrevi este artigo para você!

Neste artigo, você pode tirar ideias práticas de como controlar seu tempo e organizá-lo de forma efetiva, fazendo com que as coisas fluam com mais naturalidade e leveza.

Afinal, ninguém gosta daquela sensação de sempre estar atrasado ou com pressa, não é verdade?

Antes de tudo: Sanidade e saúde

Antes de falar de tempo, produtividade e todo esse assunto tão pertinente nos últimos dias, acho importantíssimo lembrar você de uma coisa: Sua saúde, sua sanidade devem se manter intactos.

Ou você quer “morrer de trabalhar e produzir”, mas pagar o preço? Ou, não ter tempo para lazer, diversão, ou mesmo o tempo livre para “fazer nada” e relaxar?

Na programação neurolinguística, isso tem nome: Ecologia. Se você não tem uma vida ecológica, provavelmente terá problemas!

Então, o primeiro passo, é definir o que é importante para você! E o “segredo” aqui, é simples: Atente-se ao agora. Ao hoje.

Isso vem da técnica do mindfulness. Atenção plena, traduzindo em palavras simples!

Esteja ciente de estar fazendo o que está fazendo. Onde? Aqui. Quando? Agora.

Se é o momento de brincar com seu filho, esqueça seu trabalho. Foque no seu filho. Veja ele sorrir. Responda às suas perguntas.

Se é o momento de jantar com a esposa, repare no brilho dos olhos dela. Saboreie a comida. Faça um elogio.

O smartphone pode esperar. As tarefas podem esperar, afinal, essas e outras coisas também tem o seu próprio tempo.

 

Dê a cada momento o seu próprio tempo!

Ladrões de tempo

Existem muitas coisas em nosso dia a dia, que não faz parte daquilo que deveríamos fazer. Não significa que você não possa utilizá-los. Mas, é possível equilibrar para que você obtenha os resultados que realmente deseja!

Qual o problema dos “ladrões de tempo”?

A resposta, é que eles consomem o tempo e energia sua que poderiam ser dedicados de forma mais eficiente para um trabalho ou dever que deve ser finalizado, por exemplo.

Ao fazer isso, você inevitavelmente precisará estender seu tempo com as atividades, o que fará com que você tenha menos tempo para si.

Durma menos, libere mais cortisol, aumente seu estresse, gere insatisfação, e assim o ciclo se repete todos os dias.

Você se familiariza com essa listinha?

  • Sites de notícias
  • Facebook ou WhatsApp
  • Excesso de abas abertas no navegador do seu computador
  • Jogos de smartphone
  • Netflix
  • Conversas na academia

Como resolver?

Reserve um tempo para você ter seu lazer, ou se distrair. Você pode até utilizar algum método de produtividade, como o Pomodoro ou o GDT (getting things done), do David Allen.

Lembrando que métodos de produtividade não fazem mágica e você não precisa ser um robô. Encontre um método que funcione para você, ou até mais de um e crie sua própria adaptação e forma de fazer.

Somos todos pessoas individuais e únicas!

 

Estar ocupado não é estar produtivo.

Esse tópico é um dos mais interessantes, e é também um dos que mais causam problemas na vida pessoal e nas empresas.

Estar ocupado, traz uma falsa sensação de estar produzindo ou fazendo algo útil.

Sabe aquela reunião longa? Aquela call por skype que leva horas? Aquela conversa por telefone sem objetivo claro, que começa falando do projeto e termina perguntando dos amigos, família, cachorro, cervejinha, happy hour… ?

São eventos de nosso dia a dia que consomem nosso tempo e energia.

Como resolver?

Tenha clareza e objetivo, nada impede de você ligar para seu amigo e bater papo, mas, como falei no tópico anterior, separe o momento ideal para isso.

Na sua reunião, call, ligação profissional, faça uma lista com os tópicos que precisa resolver e abordar, seja objetivo e vá direto ao ponto!

Feche seu aplicativo de e-mails.

Você não precisa checar seu e-mail a cada 5 minutos.

Por mais que a ação de verificar o e-mail leve apenas alguns segundos, isso pode não ser legal!

O fato de você se desligar de sua tarefa atual, para olhar o e-mail, e voltar para a tarefa, já faz seu cérebro pirar:

Ele irá “passear” entre os dois contextos, fazendo seu estado interno mudar, sua atenção e seu foco ficam comprometidos, e sua mente terá um trabalho a mais para voltar ao estado anterior, e retomar o fluxo de atividades.

Como resolver?

Defina um ou dois momentos do dia para olhar seu e-mail e ver se tem mensagens novas. Se acontecer algo urgente, acredite: darão um jeito de entrar em contato com você.

A prática leva à perfeição.

Como tudo nessa vida, é preciso prática. Se você tem o costume de ter um comportamento acelerado, e agora resolveu ajustar as coisas, talvez sinta um certo grau de desafio ao começar a organizar seu tempo.

Faça uma lista. Respeite seu tempo de aquisição de novos hábitos. Mude aos poucos, um item por vez. Priorize os mais importantes para você.

Em  breve, você dominará seu próprio tempo, como nunca fez antes. E terá uma grata surpresa sobre si!

Grande abraço!

Paulo Martinez

Compartilhe com:


Leave us a Message